Boselli faz 1º gol pelo Corinthians e garante vitória contra o Botafogo

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O Corinthians venceu o Botafogo-SP por 1 a 0, neste domingo (24), no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, em jogo válido pela oitava rodada do Campeonato Paulista. A equipe balançou as redes no fim da partida, aos 37 minutos, com o atacante Mauro Boselli. O argentino entrou como titular e fez o seu primeiro gol com a camisa do Alvinegro. Gustagol, que entrou no segundo tempo, foi o autor da assistência.

O time de Fábio Carille jogou com um atleta a mais desde os 40 minutos do primeiro tempo, quando Plínio foi expulso após dar solada em Ramiro. Mesmo assim, o Alvinegro foi pouco ofensivo e finalizou pela primeira vez aos 10 minutos da segunda etapa.

O Corinthians volta a campo na próxima quarta-feira, quando encara o Racing, na Argentina, pelo jogo de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana. O primeiro jogo, em Itaquera, terminou empatado por 1 a 1.

+ Gabigol desencanta em goleada do Flamengo sobre o Americano

O Corinthians só criou a primeira jogada de perigo aos dez minutos do segundo tempo. Bastante defensivo, o único destaque do time foi Cássio, que fez uma grande defesa na primeira etapa, em chute cruzado e que lembrou uma de suas defesas na final do Mundial, diante do Chelsea, em 2012.

Fábio Carille poupou Gustagol, que ficou como opção no banco de reservas. O treinador apostou em Mauro Boselli e Vagner Love de atacantes. No entanto, o argentino ficou bastante isolado no comando de ataque, já que o treinador optou mais uma vez pelo 4-1-4-1, com Love na direita, Matheus Vital na esquerda, Ramiro e Júnior Urso por dentro, além de Ralf entre as linhas, na frente zaga. No segundo tempo, Boselli recebeu mais bolas com as entradas de Clayson, Pedrinho e Gustagol.

O Corinthians, pouco criativo, arriscava algumas jogadas do lado direito, com o lateral Michel Macedo e o volante Ramiro. Os dois demonstrando entrosamento pois atuam no time reserva de Fábio Carille durante os treinos no Joaquim Grava. No entanto, nenhuma "dobradinha" deles resultou em gol e a parceria acabou no intervalo, quando Ramiro saiu para a entrada de Clayson.

Fábio Carille ainda não encontrou um lugar para Vagner Love no time. Com Gustagol em outros jogos e hoje com Boselli no comando do ataque, o camisa 9 teve liberdade para deixar o lado direito do ataque e "rodava" para a esquerda e, principalmente, para o meio. No entanto, Love não foi perigoso em nenhuma posição.

BOTAFOGO-SP

Rodrigo Viana; Naylhor, Ednei, Plinio; Maicon Silva, Marlon Freitas, Evandro, Nadson e Pará; Felipe Saraiva e Rafael Costa. Técnico: Roberto Cavalo.

CORINTHIANS

Cássio, Michel Macedo, Marllon, Pedro Henrique e Carlos Augusto; Ralf, Júnior Urso, Ramiro (Clayson), Mateus Vital, Vagner Love; Mauro Boselli. Técnico: Fábio Carille.

Estádio: Santa Cruz, em Ribeirão Preto-SP

Árbitro: Raphael Claus (SP)

Gol: Boselli aos 37 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos: Ramiro (Corinthians) e Felipe Saraiva (Botafogo)

Cartão vermelho: Plínio (Botafogo)

ARTIGO ORIGINAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *