Palmeiras encaminha a venda de Deyverson para time chinês

O Palmeiras encaminhou a venda do atacante Deyverson para o Shenzhen FC por 12 milhões de euros (R$ 51,3 milhões). Resta apenas o jogador acertar alguns detalhes com o time chinês, algo que deve acontecer nos próximos dias. Dono de 70% dos direitos econômicos do atleta, o time alviverde deve ficar com cerca de R$ 36 milhões do valor.

As conversas com o clube chinês se intensificaram na Espanha, onde o diretor de futebol Alexandre Mattos está para negociar alguns garotos da base. O dirigente aproveitou a viagem, se encontrou com representantes do Levante, clube que detém os outros 30% dos direitos econômicos do atleta, e juntos resolveram fechar o negócio com o Shenzhen.

+ CBF anuncia mudanças no Brasileirão e volta da Supercopa; veja

O jogador já está ciente do acerto entre os clubes e precisa apenas acertar salários com os chineses, algo que não deve ser problema, já que os valores iniciais da negociação eram bem superiores ao que ele ganha no Palmeiras. Além disso, Deyverson já foi informado que não está mais nos planos.

A negociação conta com o aval do técnico Luiz Felipe Scolari, que perdeu a paciência com o jogador após a expulsão no clássico com o Corinthians e a cusparada no rosto do volante Richard, do clube rival. Em razão da agressão, o jogador pegou seis partidas de suspensão no Campeonato Paulista e ainda foi multado pela diretoria palmeirense em R$ 350 mil.

Deyverson foi contratado pelo Palmeiras em 2017 por R$ 19 milhões, a pedido do técnico Cuca. Durante sua passagem pelo clube, viveu de altos e baixos, mas sua personalidade forte e temperamento explosivo sempre fez com que ele estivesse envolvido em polêmicas.

ARTIGO ORIGINAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *