Partido de Salvini vence em eleições regionais na Itália


Eleições em Abruzzo são consideradas um teste-chave antes das eleições europeias em maio. Matteo Salvini, ministro do Interior e vice-primeiro-ministro, chega para coletiva de imprensa nesta segunda-feira (11) em Roma, após vitória de seu partido nas eleições regionais de Abruzzo Tiziana Fabi/ AFP A Liga, formação de extrema direita liderada pelo ministro do Interior e vice-primeiro ministro Matteo Salvini, obteve uma vitória clara neste domingo (10) nas eleições regionais realizadas em Abruzzo, na Itália, consideradas um teste-chave antes das eleições europeias em maio. A Liga, que governa junto com o Movimento 5 Estrelas (M5E, antissistema), obteve 28% dos votos, o dobro do resultado nas eleições legislativas de março de 2018. O M5E, o maior partido da Itália após as últimas eleições, conquistou apenas 19%, atrás da oposição de centro-esquerda, com 31%. Apesar de ser aliada do governo, a formação de ultra-direita fez campanha contra o M5E. O partido está perdendo força desde que se aliou à formação de ultra-direita para formar um governo de cores populistas, enquanto a Liga liderada por um Salvini agressivo aumentou muito seu consenso. As duas partes decidiram manter sua independência, e a Liga foi apresentada nas eleições regionais de domingo com o Forza Italia, partido de centro-direita de Silvio Berlusconi, seu aliado histórico. A coalizão inclui outro pequeno partido de extrema-direita, Fratelli d'Italia (Irmãos da Itália), vencedor no domingo pela primeira vez em um governo com 48% dos votos. A votação foi considerada como um teste para o governo. Alguns esperavam que Salvini gerasse uma queda do governo para convocar novas eleições, que foram descartadas nesta segunda-feira.
ARTIGO ORIGINAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *