‘Ele quer voltar e jogar pelos amigos’ diz pai de sobrevivente

O paranaense João Vitor Gasparin Torrezan, de 14 anos, é um dos atletas da base do Flamengo que sobreviveram ao incêndio ocorrido no centro de treinamento do clube e que deixou que deixou 10 mortos na madrugada da última sexta (8).

Após a tragédia, o jovem jogador viajou para Curitiba e reencontrou a família, no último sábado (9). Segundo o pai do atleta, Eli Sidnei Torrezan, o filho planeja voltar para o Flamengo e jogar pelos amigos que perderam a vida.

"Ele quer voltar para o Flamengo e jogar pelos amigos (…) Quando chegou, ele entrou no quarto e chorou muito, relatando os gritos que escutava dos amigos, pedindo socorro, chamando pela mãe", disse Edi ao G1.

Ainda segundo Edi Torrezan, o garoto ligou para ele desesperado logo após conseguir escapar das chamas.

"Tocou o telefone, eu já levantei desesperado. Quando atendi, ele começou a gritar: 'Pai, pai, socorro está pegando fogo, está queimando tudo aqui, meu amigos tão morrendo queimados', aquele desespero, e caiu a ligação", recorda-se.

Leia também: Ar condicionado de alojamento do Fla tinha 'gambiarra', diz depoimento

ARTIGO ORIGINAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *