Primo de morto em incêndio se emociona após vitória da Ponte Preta

O zagueiro Nathan, da Ponte Preta, falou sobre a morte de seu primo Pablo Henrique da Silva Matos, 14, no incêndio que atingiu um alojamento no centro de treinamento do Flamengo na última sexta-feira (8).

Após a vitória sobre o São Paulo neste sábado (9), o jogador se emocionou ao comentar a tragédia.

"Foi um momento difícil porque eu estava indo para o treinamento quando recebi a notícia. Fiquei muito abalado, mas a família, a equipe e a comissão me deram o suporte para estar aqui hoje. Era um grande primo, estava em busca de seus sonhos por um futuro melhor", disse Nathan ao Premiere.

+ Anderson Silva é derrotado por Israel Adesanya no UFC 234, na Austrália

"É um momento delicado na nossa família. Meu irmão mais velho e eu já vivemos isso: de viver em concentração, longe da família. E agora era a vez dele. Mas ele não vai viver. Quero mandar um abraço a todas as famílias das vítimas e dos hospitalizados", completou.

Pablo foi um dos dez jovens da categoria de base do Flamengo que morreram na tragédia no clube rubro-negro. Além das vítimas fatais, outros três ficaram feridos – um deles em estado grave.

Neste sábado, o CEO Reinaldo Belotti falou sobre o incêndio no CT Ninho do Urubu em um pronunciamento e citou picos de energia após o temporal no Rio de Janeiro como uma das causas da tragédia. Com informações da Folhapress.

ARTIGO ORIGINAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *