Licor clandestino mata quase 40 pessoas na Índia

Ao menos 39 pessoas morreram e outras 27 passaram mal no norte da Índia, após terem bebido um licor produzido clandestinamente e que continha metanol tóxico.

Segundo a polícia, 26 pessoas faleceram em duas localidades diferentes do estado de Uttar Pradesh, enquanto outras 13 perderam a vida em Uttarakhand.

Oito suspeitos de terem fornecido a bebida foram presos, e 35 oficiais públicos acabaram suspensos de suas atividades, incluindo 12 policiais.

+ Ministros divergem sobre educação sexual em escolas

+ Bolsonaro melhora, tira sonda e dreno e retoma despachos no hospital

Mortes provocadas por bebidas alcoólicas destiladas ilegalmente são comuns na Índia, onde as castas mais pobres não têm dinheiro para comprar licores originais.

Os clandestinos, no entanto, contêm frequentemente produtos químicos, incluindo até pesticidas, para aumentar sua gradação alcoólica. (ANSA)

ARTIGO ORIGINAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *