Feirão da Casa Própria da Caixa começa nesta sexta em SP, BA e RS


Nos próximos dias, o feirão será aberto em outras 12 cidades, totalizando mais de 200 mil imóveis disponíveis. O Feirão da Casa Própria da Caixa Econômica Federal começa nesta sexta-feira (4) em Porto Alegre, Salvador e São Paulo, com mais de 86 mil imóveis disponíveis para os interessados. O evento termina no domingo (6). Nos próximos dias, o feirão será aberto em outras 12 cidades, totalizando mais de 200 mil imóveis disponíveis – sendo 179 mil novos e 23 mil usados. No ano passado, a oferta foi de 230 mil unidades em 14 cidades. Veja abaixo mais informações sobre o feirão em cada cidade: Feirão em São Paulo O feirão em São Paulo contará com o leilão de aproximadamente 300 imóveis nesta sexta, às 16h. Os lances iniciais variam entre R$ 63 mil e R$ 4,5 milhões. Segundo a Caixa, os valores podem chegar a 65% de desconto, se comparados aos preços de mercado do imóvel. Feirão em Porto Alegre O feirão em Porto Alegre terá o leilão de aproximadamente 200 imóveis nesta sexta, às 11h e às 15h. Também de acordo com a Caixa, com lances iniciais que variam entre R$ 6 mil e R$ 696 mil, os valores podem chegar a 70% de desconto, se comparados aos preços de mercado do imóvel. Feirão em Salvador Outras cidades Neste ano, o Feirão da Casa Própria da Caixa acontecerá em 15 cidades. Veja abaixo o calendário em outras localidades: Feirão da Casa Própria Financiamento As condições de financiamento serão as mesmas exigidas nas agências da Caixa. O prazo máximo para financiar a casa própria é de 35 anos, e o comprometimento da renda não pode ultrapassar 30%, sendo possível compor a renda familiar. Os interessados devem levar um documento de identidade (CPF), comprovante de renda e de endereço. Cliente assina contrato de compra de imóvel no Feirão da Casa Própria da Caixa, em Campinas, em 2017 Reprodução / EPTV O Feirão da Caixa é considerado o maior evento do mercado imobiliário brasileiro. Os negócios realizados no feirão costumam representar cerca de 12% dos financiamentos efetivados no ano pelo banco. Segundo a Caixa, a aprovação do crédito durante o feirão será baseada nas informações do perfil do cliente, como renda, capacidade de pagamento e ausência de restrições cadastrais. (*com Taís Laporta e Marta Cavallini)
ARTIGO ORIGINAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *