Amaral comenta climão entre Zeca Pagodinho e Doria: ‘Na hora errada’

O Carnaval ainda não acabou, mas o “infeliz” encontro entre Zeca Pagodinho e João Doria certamente já está entre principais acontecimentos da folia deste 2018.

No último sábado (10), durante os desfiles das escolas de samba de São Paulo, o sambista e o prefeito da capital paulista surgiram no mesmo camarote. Ao ver ao cantor, o governante se aproximou dele, que estava conversando com o ex-jogador Amaral.

Pessoas que estavam próximas ao grupo asseguram que Zeca não quis posar ao lado de Doria, mas acabou topando o registro depois de muita insistência e ainda com uma condição: o ex-volante deveria aparecer na imagem.

No fim das contas, Amaral acabou como um “figurante de luxo” do encontro polêmico, que acabou viralizando na web. Em entrevista ao UOL, o ex-jogador comentou o climão.

"Estava conversando com o Zeca e aí chegou uma comitiva. Até falei: 'olha, é o governador'. Achei que era governador, nem acompanho muito, mas me falaram que era o prefeito. Estava conversando com o Zeca e pediram para tirar a foto. Quando acordei de manhã, todo mundo falando a história. É, estava no momento certo e na hora certa; ou no momento certo e na hora errada", disse Amaral, sem tirar o sorriso do rosto.

ARTIGO ORIGINAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *